Subsidiado

Como obter o Cartão Subsidiado?

O interessado deverá comparecer ao posto Passe Fácil, no Terminal Ayrton Senna, na Rua General Telles, nº 1,260, Centro. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h45.

No local, deve apresentar a seguinte documentação:
Original e cópia simples da Carteira de Trabalho, folhas: Fotografia, Dados Pessoais, Último Registro e Alterações (se houver). A carteira profissional deve estar assinada;

Original e cópia simples do CPF/CIC e da Carteira de Identidade (RG emitido pela Secretaria de Segurança Pública do Estado) ou original e cópia simples da Carteira Nacional de Habilitação (CNH);

Original e cópia simples do comprovante de residência. Obrigatório ser de um dos últimos 3 meses e deverá estar em nome:

  • Do próprio usuário, ou;
  • Do pai ou da mãe, ou;
  • Do esposo (a) – se estiver em nome do esposo (a), anexar Certidão de Casamento, ou;

Exemplos de comprovante de residência (correspondência):

  • Primeira via (original) da conta de água; de telefone/celular; de energia elétrica. Se apresentar boletos no formato “Débito Automático” ou “2ª via”, será necessária chancela do órgão emissor (carimbo, assinatura por extenso e data) no corpo do documento, caso inexista “Código de Autenticidade”.
  • Documentos originais sujeito a avaliação: extrato bancário/instituições financeiras; extrato de cartão de crédito; IPTU; contrato de locação/aluguel com reconhecimento de firma das assinaturas, acompanhado de recibo atual (de um dos últimos 3 meses).
  • Outros exemplos de comprovante de residência:
  • Residência em área de ocupação;

– Cópia do documento oficial da Prefeitura de Franca, no qual há nomeação do presidente da área ocupada e declaração do presidente com carimbo do mesmo, mais o carimbo do CNPJ da associação, para atestar que o interessado é morador da ocupação, citando o endereço.

– Apresentar original e cópia simples do recibo de pagamento do mês do sindicato da categoria.

Para emissão da primeira via do cartão será cobrado o valor de R$ 10,75. O próprio usuário deve estar presente no ato do cadastramento para a emissão de fotografia digitalizada.

Onde comprar o Passe Subsidiado?

– No ato da compra o usuário deverá apresentar o recibo de pagamento do sindicato da categoria mês, junto com a Carteira Profissional.

A compra do Passe Subsidiado poderá ser feita nos seguintes endereços:

Posto Centro
Rua General Telles, nº 1.260, Centro, no Terminal Ayrton Senna. Horário de atendimento: de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Aos sábados, das 7h às 16h.

Posto Estação
Rua General Carneiro, nº 255, Estação. De segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. Aos sábados, das 7h às 12h.

Posto Leporace
Avenida Dr. Abrahão Brickmann, nº 1.573, Leporace 3. De segunda a sexta-feira, das 7h45 às 12h, e, das 13h30 às 17h30.

Posto Aeroporto
Avenida Carlos Roberto Haddad, nº 1.034, Aeroporto 1. De segunda a sexta-feira, das 07h45 às 12h, e ,das 13h30 às 18h.

Quanto custa cada passe?

– 70% da tarifa vigente, ou seja, R$ 3,01.

– O valor de aquisição não é reembolsável.

Qual o valor mínimo para compra?

– O valor mínimo de compra é R$ 3,01.

Como cancelar o cartão em caso de perda, furto ou roubo?

– Para fazer o cancelamento é necessário que o usuário do cartão dirija-se ao posto do Terminal Ayrton Senna, na Rua General Telles, nº 1.260, Centro. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h45. No local, o usuário do cartão deve identificar-se ao atendente e apresentar os seguintes documentos:

– CPF/CIC e a Carteira de Identidade (RG emitido pela Secretaria de Segurança Pública do Estado) ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

– A segunda via do cartão será confeccionada e liberada em 48 horas úteis, mediante a cobrança da “taxa de emissão”. Caso não seja possível a retirada do cartão pelo titular, um terceiro poderá realizá-la. Mas, obrigatoriamente, deve apresentar os documentos originais (RG e CPF) do usuário titular, juntamente com Protocolo de Retirada. Caso tenha sido lavrado um Boletim de Ocorrência (BO), o mesmo deverá ser apresentado.

O que fazer se o cartão apresentar problemas de leitura?

– Dirigir-se ao Terminal Ayrton Senna, na Rua General Telles, nº 1.260, Centro,  com  o cartão e documentos de identificação pessoal (RG e CPF) para efetuar a substituição.

Para o bom uso de seu cartão

  • Não amasse, não use clipes, não fure e não cole adesivos no cartão;
  • Não guardar o cartão juntamente com moedas, celulares, bem como próximo a equipamentos eletrônicos que possam danificá-lo;
  • Sempre guardá-lo em local seco e protegido da luz solar direta;
  • Um cartão bem conservado e utilizado corretamente, evita erros de leitura e garante sua tranquilidade;
  • Ao utilizar o cartão, torna-se obrigatório sua apresentação (com foto) ao motorista/fiscal;
  • O cartão com foto é de uso exclusivo do titular do cartão. O descumprimento poderá acarretar penalidades ao infrator.

Mais informações

– Disque São José: 0800 34 1140 – ligação gratuita (não aceita chamada de celular);

– Ou ligue no (16) 3706-4800 (ligação de celular).

Cartão doméstica

Como se cadastrar?

O usuário deverá comparecer no Posto Passe Fácil no Terminal Ayrton Senna, localizado na Rua General Telles, nº 1260 – Centro. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 08h00 às 17h45 e apresentar a seguinte documentação:

– Apresentar original e cópia simples (Folhas: Foto, Dados Pessoais, Último Registro e Alterações (se houver)) da Carteira Profissional assinada com registro de Empregada Doméstica;

– Apresentar original e cópia simples do CPF/CIC e da Carteira de Identidade (R.G emitido pela Secretaria de Segurança Pública do Estado) ou original e cópia simples da Carteira Nacional de Habilitação (CNH);

– Apresentar original e cópia simples do comprovante de residência. Obrigatório ser de um dos últimos 3 meses, que deverá estar em nome:

  • Do próprio usuário, ou;
  • Do pai ou da mãe, ou;
  • Do esposo (a) – se estiver em nome do esposo (a), anexar Certidão de Casamento, ou;

Exemplos de comprovante de residência (correspondência):

  • 1ª Via (original) da conta de água; de telefone/celular; de luz (energia). Boletos no formato “Débito Automático” ou “2ª via”, será necessária chancela do órgão emissor (carimbo, assinatura por extenso e data) no corpo do documento, caso inexista “Código de Autenticidade”.
  • Documentos originais sujeito a avaliação: extrato bancário/instituições financeiras; extrato de cartão de crédito; IPTU; contrato de locação/aluguel com reconhecimento de firma das assinaturas; acompanhado de recibo atual (de um dos últimos 3 meses).

    Outros exemplos de comprovante de residência:

  • Residência em área de ocupação;

– Cópia do documento oficial da prefeitura, no qual há nomeação do presidente da área ocupada e declaração do presidente com carimbo do mesmo mais carimbo do CNPJ da associação, atestando que o aluno é morador da ocupação, citando o endereço.

A primeira via do cartão será cobrado o valor de R$ 10,75, correspondente a um acréscimo de 150% (cento e cinquenta por cento), sobre o valor da tarifa vigente.

O próprio usuário deve estar presente no ato do cadastramento para a emissão de foto digitalizada.

Onde comprar o passe Doméstica?

– No ato da compra o usuário deverá apresentar a Carteira Profissional assinada com registro de Empregada Doméstica.
A compra do passe Subsidiado poderá ser feita nos seguintes endereços:
Posto Centro
R: General Telles, nº 1260 – Centro, Terminal Ayrton Senna de Segunda à Sexta-feira das 07h00 às 19h00 aos Sábados das 07h00 às 16h00.
Posto Estação
R: General Carneiro, 255 – Estação de Segunda à Sexta-feira das 07h00 às 18h00 aos Sábados das 07h00 às 12h00.
Posto Leporace
Av.: Dr Abrahão Brickmann, 1573 – Leporace 3 de Segunda à Sexta-feira das 07h45 às 12h00 e das 13h30 às 17h30.
Posto Aeroporto
Av.: Carlos Roberto Haddad, 1034 – Aeroporto 1 de Segunda à Sexta-feira das 07h45 às 12h00 e das 13h30 às 18h00.

Quanto custa cada passe?

– 70% da tarifa vigente ou seja R$ 3,01 por passe.

– O seu valor de aquisição não é reembolsável.

Qual o valor mínimo para compra?

– O valor mínimo de compra é R$ 3,01.

Como cancelar o cartão em caso de perda, furto ou roubo?

– Para fazer o cancelamento é necessário que o usuário do cartão se dirija ao Posto do Terminal Ayrton Senna, localizado na Rua General Telles, nº 1260 – Centro. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 08h00 às 17h45. Nesse momento, o usuário do cartão deve se identificar ao atendente apresentando os seguintes documentos:

– CPF/CIC e a Carteira de Identidade (R.G emitido pela Secretaria de Segurança Pública do Estado) ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH)

– A segunda via do cartão, será confeccionada e liberada em 48 horas úteis, mediante cobrança de “taxa de emissão”. Não sendo possível a retirada do cartão pelo titular, terceiro poderá realizá-la obrigatoriamente apresentando os documentos originais (RG e CPF) do usuário titular, juntamente com protocolo de retirada. Lavrado o Boletim de Ocorrência (B.O.) deverá ser apresentado.

O que fazer quando o cartão apresentar problemas de leitura?

– Dirigir-se ao Terminal Ayrton Senna, na Rua General Telles, nº 1260 – Centro, (consulte o horário de atendimento do setor competente), portando cartão e documentos de identificação pessoal (RG e CPF) para efetuar a substituição do cartão.

Para o bom uso de seu cartão

  • Não amasse, não use clipes, não fure e não cole adesivos no cartão;
  • Não guardar o cartão juntamente com moedas, celulares, bem como próximo a equipamentos eletrônicos que possam danificá-lo;
  • Sempre guardá-lo em local seco e protegido da luz solar direta;
  • Um cartão bem conservado e utilizado corretamente, evita erros de leitura e garante sua tranquilidade;
  • Ao utilizar o cartão, torna-se obrigatório sua apresentação (com foto) ao motorista/fiscal;
  • O cartão com foto é de uso exclusivo do titular do cartão. O descumprimento, poderá acarretar em penalidades ao infrator.

Mais informações

– Disque: 0800 34 1140 – ligação gratuita (não aceita chamada de celular);

– Ou ligue no (16) 3706-4800 (ligação de celular).